O ponto sobre os favoritos do mundial 2018

Favorito
Bet365
Bet365
Bónus
Oferta de 200 Reais sobre o primeiro depósito
Apostar
1xbet
Bónus
0€ oferecidos para se lançar
Apostar
betworld
Bónus
100€ oferecidos para começar esta aventura!
Apostar

O nosso favorito

São várias as nações candidatas ao título supremo. Mas nas suas terras e com uma equipa que combina talento, juventude e experiência, o Brasil não pode perder a oportunidade de obter a 6ª estrela para a sua camisola. É o nosso grande favorito!

Os Favoritos do Campeonato do Mundo

Um Brasil “penta” a pensar no “hexa”

Brasil

Depois da profunda humiliação sofrida na “sua” Copa do Mundo, em 2014, quando organizaram a competição, o Brasil mobilizou-se e sobrevoou por completo as eliminatórias na América do Sul a pensar em 2018. Para nós, trata-se mesmo da equipa mais completa deste Mundial 2018, com referências mundiais em todas as posições, solidez defensiva inquestionável, técnica acima da média e como sempre, uma pujança ofensiva ímpar. Neymar, Marcelo, Coutinho ou ainda Paulinho, apontam claramente à 6a conquista na Rússia, sendo mesmo um dos dois grandes favoritos desta edição.

O nosso prognóstico para Brasil:

Enquanto um dos dois grandes favoritos, segundo as previsões dos especialistas para a Copa do Mundo 2018, o Brasil tem todas as condições para chegar pelo menos à final, inseridos num Grupo E completamente ao seu alcance, composto por Suíça, Sérvia e Costa Rica.

Alemanha e competência fria característica

Alemanha

Campeã do Mundo em título depois da conquista em 2014 e uma demonstração total frente ao anfitrião Brasil pelo meio (7-1), a Alemanha quer “bisar” e empatar com o Canarinho em termos que conquistas, já que conta com quatro. Com Joachim Löw a manter-se no comando germânico, a Mannschaft apresenta-se na Rússia com a mesma competência de sempre, uma filosofia de jogo intacta, e uma mescla soberba entre experiência e juventude. A curta desvantagem para o Brasil, a nosso ver, prende-se com algum “saciamento” dos Germânicos, depois do triunfo de 2014.

O nosso prognóstico para Alemanha:

No Grupo F, juntamente com México, Suécia e Coreia do Sul, a Alemanha pode começar com alguma gestão de esforço, à semelhança do Brasil. Além disso, nem os oitavos de final se preveem muito difíceis, pelo que têm excelente hipóteses de chegar no mínimo, às semifinais. Uma presença na final não seria de todo surpreendente.

A Espanha de volta?

Espanha

Depois das 3 conquistas internacionais consecutivas, com 2 Europeus (2008 e 2012) e um Campeonato do Mundo pelo meio (2010), a queda foi tremenda para a Roja. Afastada na fase de grupos no Mundial 2014 e derrubada nos oitavos do Euro 2016, a Espanha conseguiu finalmente levantar a cabeça, estando hoje de regresso ao primeiro plano, e estando entre as 3 ou 4 seleções favoritas no Rússia 2018. O seu futebol dominador e asfixiante está de volta, com uma nova geração brilhante (Asensio, Koke, Isco, Rodrigo…) a acompanhar os emblemáticos Sérgio Ramos, Iniesta e Busquets. Aliás, semana após semana, os Espanhóis vão fazendo cada vez mais a unanimidade.

O nosso prognóstico para Espanha:

Das três primeiras favoritas, a seleção espanhola deverá ser aquela com o percurso mais complicado. Começando pela fase de grupos, onde logo na primeira jornada medem forças com o vizinho Ibérico: Portugal, atual Campeão da Europa! Seguem-se Marrocos e Irão, embora a Roja seja favorita a vencer o grupo. Nas semifinais, os Castelhanos podem cruzar a Alemanha, naquele que será um confronto de titãs!

Os outsiders

Uma França explosiva!

França

De uma casa de apostas para outra, a seleção gaulesa oscila com a Espanha, entre a 3a e a 4a posição dos favoritos à grande vitória no Mundial 2018! E esquecendo esse detalhe, a França tem argumentos importantes para contrariar as previsões da Copa do Mundo 2018. Sorteada num Grupo C com adversários teoricamente muito abaixo das suas capacidades (Austrália, Dinamarca, Peru), esta equipa pode fazer muitos estragos. Nomeadamente se os Mbappe, Griezmann, Dembélé, Pogba e Umiti chegarem - até ao pontapé de saída da competição - a um entrosamento digno de um favorito.

O nosso prognóstico para França:

Na fase de grupos, a França vai ter tempo para solidificar algumas bases, frente a rivais de calibre bem inferior. Contudo, essa estiada poderá ser brutalmente interrompida, já que logo nos oitavos de final poderá cruzar um adversário à altura, sem esquecer que nos quartos os podem esperar os Brasileiros… Uma presença nos quartos de final seria já uma satisfação para os Franceses, que têm potencial para chegar ainda mais longe.

Argentina, quais são os teus argumentos?

Argentina

Apesar de uma linha atacante particularmente temível (Messi, Aguero, Dybala, Higuain, Di Maria, Salvio…), a Argentina muito sofreu para conseguir marcar presença na Rússia em 2018, convertendo-se numa autentica incógnita. Contudo, as individualidades - Messi cima de todos - fazem com que as casas de apostas ainda promovam a Albiceleste como um dos outsiders. Além disso, muitas vezes vemos equipas a jogarem mais libertadas a chegar ao Mundial, em que o entrosamento poderá surgir a qualquer momento. Mas por vezes, isso pode nunca se manifestar… É esperar para ver, mas na folha de jogo, a Argentina tem de facto grandes individualidades.

O nosso prognóstico para Argentina:

Teoricamente, a Argentina é favorita a vencer o Grupo G, mas a sua imprevisibilidade - para o bem ou para o mal - faz com que a Croácia possa adiantar-se e com que Islândia ou Nigéria possam pelo menos assustar. Caso consigam seguir em frente, os oitavos de final irão requerer mais do que uma individualidade argentina para seguir em frente. O percurso argentino não será nada tranquilo, mas com Messi tudo é possível.

Bélgica, será desta vez?

Bélgica

A seleção belga tem alimentado algumas fantasias desde 2014, com uma geração como há muito não se podia gabar. Mas a verdade é que desde então ainda não conseguiram impressionar ninguém. Em 2018, Hazard, Lukaku, Witsel, Mertens, Batshuayi, Courtois, Company… pretendem finalmente dar o reconhecimento que este elenco merece. Mas para isso, terão que se mostrar muito mais sólidos, nomeadamente frente a Nações de calibre igual ou superior. No Grupo G, a tarefa não se prevê nada fácil, mas se passarem esse obstáculo, nunca se sabe até onde podem ir os Belgas, pois Inglaterra, Tunísia e Panamá constituem uma excelente preparação para o que virá.

O nosso prognóstico para Bélgica:

De facto, o Grupo G em que foram colocados os Belgas é um dos mais competitivos do Campeonato do Mundo 2018. À partida, o primeiro posto vai ser decidido no confronto direto com a Inglaterra. Os Britânicos têm uma imagem muito semelhante à da Bélgica, com muitos talentos, mas que acabando sempre a desiludir. Independentemente dos 1° ou do 2° lugar, os oitavos deverão comportar um obstáculo equilibrado, mas nos quartos de final, deverá aparecer uma montanha!

Portugal, na senda do Euro 2016

Portugal

A experiência, a solidez e o pragmatismo fizeram de Portugal Campeão da Europa em 2016! Desde a noite memorável de Paris, 10 jogadores conseguiram-se manter e rumar à Rússia em 2018, o que não é propriamente uma má nova. Pois esse facto explica-se por muitos jovens talentos terem entretanto surgido, relegando alguns dos heróis do passado para “adeptos” da Seleção das Quinas. E o pragmatismo de Fernando Santos voltou a falar mais alto na fase de qualificação para o Mundial 2018. No Grupo B, Portugal - logo à primeira jornada - deverá decidir frente à Espanha quem reina. Se Marrocos e Irão não são assim tão fáceis de superar, o emblema luso - liderado por Cristiano Ronaldo e bem acompanhado por Pepe e Rui Patrício - deve chegar pelo menos aos oitavos de final. Gonçalo Guedes, Bernardo Silva ou ainda William Carvalho e João Mário, entre outros, são os jovens responsáveis por trazer mais imaginação e verticalidade à Seleção das Quinas, capaz de abater qualquer nação.

O nosso prognóstico para Portugal:

Pela nossa avaliação, o primeiro lugar do Grupo B deverá ficar decidido logo após a primeira oposição entre os dois país Ibéricos, Portugal e Espanha. De qualquer modo, o adversário dos oitavos de final deverá ser de um nível inferior ao da Espanha. E o Grupo B será em si, uma grande preparação para esse embate. Depois, nos quartos de final sim, deverá surgir outro adversário de grande cilindrada. Uma presença de Portugal nos quartos de final do Campeonato do Mundo pode ser uma grande aposta.

Prognósticos Mundial 2018 - © prognosticosmundial.com 2006-2018 - Todos os direitos reservados

Mapa do site | Contacte-nos